Cangiari Fall 2017 – Milan Fashion Week

Uma das apresentações da Milan Fashion Week que fui conferir foi a da Cangiari para o Inverno 2017 (Fall 2017), uma grife que resgatou uma antiga tradição de tecidos da Calábria (Itália) e que cria tecidos em lã de forma artesanal, levando oito horas para a criação de cada metro.

Cangiari Fall 2017

 

• Cangiari Fall 2017 MFW:

Cangiari - Fall 2017 MFW

O inverno 2017 da Cangiari (Fall 2017) foi inspirado pelas cores da natureza no inverno, com o uso de lãs feitas à mão, desenvolvidas pela marca.

Com motivos que foram inspirados na tradicional cultura grega antiga, que se juntam às últimas tendências da moda. Com uma seleção de materiais não convencionais, inspirados nas origens, no trabalho realizado nas fábricas e nas noites durante o tempo de guerra.

 

Cangiari - Inverno 2017

Com motivos e estampas com temas bizantinos e helenísticos, a Cangiari transforma a inspiração da antiguidade em peças modernas e super atuais para o Fall 2017.

 

Cangiari - Fall 2017 MFW

Com várias peças no estilo de capas e ponchos, a Cangiari traz um inverno confortável, ao mesmo tempo que repleto de estilo com belas peças. Naquele estilo super cosy, que adoro para o inverno.

 

Cachecol Cangiari - Fall 2017

 

Com peças com franjas e comprimentos longos, a cartela de cores traz tons neutros como os tons de cinza, preto e creme, combinadas com detalhes em verde e vermelho em seus motivos e estampas.

inverno 2017 - Cangiari

 

A coleção da Cangiari é desenvolvida por Maria Paola Pedetta, diretora criativa da marca, que trabalha com a produção de seus tecidos de forma sustentável e ética, com um made in Italy de qualidade.

Kimono Cangiari

A diretora criativa da Cangiari também contou que a escolha dos materiais da coleção de Fall 2017 buscou trazer o significado e a história da marca, mostrando seu espírito, valor e orgulho.

Durante a apresentação da coleção da marca, conheci um pouco mais sobre eles e seu processo de produção: que resgata uma tradicional técnica de produção do tecido na Calábria (região do sul da Italia).

A técnica era passada de geração em geração através das músicas da região e estava caindo no esquecimento. A marca precisou juntar as canções e suas traduções para resgatar essa forma de produção do tecido que é utilizada de forma feita à mão nos tecidos e peças da grife italiana.

share

Manu Luize

Loading Facebook Comments ...

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *