A Bela Veneza – Pontos Turísticos | Parte 1

Como já comentei em alguns posts, nesses últimos meses estou morando em Bassano Del Grappa na Itália, que fica a uma hora de trem de Veneza, claro que não pude deixar de visitar a cidade e me encantar com a beleza dessa cidade rodeada por paisagens incríveis.Veneza na Itália e seus principais pontos turísticosParte desse texto foi publicada na 5˚ edição da Revista M MAG (é só clicar aqui para acessar a revista e lê-la de forma completa e online) e aqui no blog trago mais algumas informações práticas, para o post não ficar imenso, vou dividir ele em algumas partes de acordo com os pontos turísticos de Veneza.

Em uma cidade totalmente rodeada por água, as paisagens são simplesmente incríveis e se estiver um lindo dia de sol, prepare-se para passeios inesquecíveis. Para quem gosta de misturar turismo com moda, Veneza tem seus encantos e conta sua história através da moda no Museo di Palazzo Mocenigo, que também é um dos palácios mais cheirosos que já visitei (já que ele também aproveita para contar um pouco sobre o perfume), e no museu da renda – o Museo del Merletto – que fica na ilha de Burano. Ahh, as ilhas de Veneza, muito se engana quem esquece ou não conhece as várias pequenas ilhas como Murano, Burano e Lido, que também rendem ótimos passeios.

Pontos Turísticos em Veneza | ItáliaAo visitar uma cidade pela primeira vez, é impossível não pensar em seus principais pontos turísticos, quem vai à Veneza pela primeira vez precisa conhecer a Piazza San Marco, a Basílica de San Marco (exemplo da arte bizâtina) e o Palazzo Ducale, e o melhor de tudo é que todos eles estão no mesmo lugar. Para quem gosta do lado cultural e histórico da cidade, Veneza tem vários palácios e museus repletos de história. O Museo Correr e o Ca’Rezzonico também são dois palácios que valem a visita, não esqueça de reservar um tempo para eles, pois todos eles possuem várias salas para serem visitadas.

A Basílica de San Marco, o Palazzo Ducale e o Museo Correr são todos na Piazza San Marco, ótimos para se visitar seguidamente. Mas reserve tempo para o Palazzo Ducale e o Museo Correr, esse último tem um percurso integrado com o Museo Archeologico Nazionale e a Sale monumentali della Biblioteca Nazionale Marciana, ou seja, se você quer visitar os museus, não é algo que você vai fazer em meia hora.

• Basílica San Marco:Basílica de San Marco - Veneza | ItáliaEndereço: San Marco, 328, Venezia, Itália | Horário: 09:45 – 16:45h

• Palazzo Ducale (Dodge’s Palace):Palazzo Ducale em Veneza | ItáliaCom os tetos super trabalhados e repletos de obras de arte, o Palazzo Ducale é um lindo palácio na Piazza San Marco.

Endereço: Piazza San Marco, 1, Venezia, Itália | Horários:  08:30 – 19:00h (abril a outubro) / 08:30 – 17:30h (novembro a março). Lembre-se que a entrada fecha uma hora antes do horário final e não é possível mais visitar os monumentos, isso funciona em praticamente todos eles. | Preço da entrada: 16 euros

• Museo Correr, Museo Archeologico Nazionale e a Sale monumentali della Biblioteca Nazionale Marciana: Museo Correr em Veneza | ItáliaO Museo Correr em Veneza é um palácio lindo e junto com o percurso integrado com o Museo Archeologico Nazionale e a Sale monumentali della Biblioteca Nazionale Marciana é enorme, você saí de um e já entra no outro sem nem perceber.

Endereço: Piazza San Marco, 52, Venezia, Itália. | Horários:  10:00 – 19:00h (abril a outubro) / 10:00 – 17:00 (novembro a março) | Preço da entrada:  16 euros

Para quem gosta de visitar os palácios e museus, existe o Museum Pass que inclui os museus cívicos de Veneza em um único passe que é válido por seis meses e você pode visitar cada um dos museus uma vez. Esse passe tem o valor de 24 euros e você pode comprar em qualquer um dos museus que fazem parte do Museum Pass de Veneza, em alguns dias publico um post só sobre o passe para explicar melhor. Mas se você pretende visitar vários museus cívicos durante sua estada em Veneza, o valor do Museum Pass já compensa as visitas.

Se perder nas pequenas ruelas de Veneza também é um dos principais programas turísticos da cidade, andar próximo aos pontos turístico que estiver visitando e descobrir as joias escondidas de Veneza, aquela rua que não é tão conhecida mas que pode ter uma pequena ponte super charmosa, nada que um GPS no celular não resolva, afinal, é sempre bom achar o caminho de volta no final do dia. Apenas cuidado com os becos super estreitos, geralmente eles não levam a lugar algum e são sem saída.

Leia aqui a segunda parte: Pontos Turísticos de Veneza – Parte 2

Museum Pass de Veneza: Pague menos para visitar os pontos turísticos da cidade.

 

Quer mais sobre a Itália? Assista ao meu Guia de Viagem para Sirmione no Lago di Garda.


Vitrine Harrods – London Fashion Week A/W 14.15

Mais vitrines de Londres: essa é da Harrods em fevereiro, quando estive na cidade para a semana de moda e claro que a London Fashion Week inspirou uma vitrine especial na loja de departamentos. Ainda aproveitando o ano do cavalo no ano chinês, o animal foi parar nas vitrines da loja. Vejo como uma mistura de brilho, ano novo chinês e Isabella Blow (que ganhou uma exposição em Londres no ano passado e ainda estava em cartaz até o início desse ano, confira aqui sobre a exposição).

Vitrine Harrods - London Fashion Week A/W 14.15

Vitrine Harrods - London Fashion Week A/W 14.15

Vitrine Harrods - London Fashion Week A/W 14.15 Vitrine Harrods - London Fashion Week A/W 14.15


Look do Dia – Londres – Inverno

Londres: uma das minhas cidades preferidas, a cidade traz um mix de tradicional e modernidade e sempre tem alguma novidade por lá.

Londres é repleta de cultura, com inúmeros museus gratuitos e várias exposições temporárias incríveis, como a Fashion Galore! e foi exatamente esse look que escolhi para visitar a Somerset House e conferir várias peças que pertenceram ao guarda-roupa de Isabella Blow (saiba mais sobre o que achei dessa exposição aqui).

Look do Dia - Inverno 2014 em Londres Look do Dia: Casaco: Lafort | Sweater: Asos | Calça: Asos | Bota: Asos | Bolsa: Carmen Steffens

O xadrez foi tendência no inverno internacional, especialmente o com uma aparência mais rústica, como havíamos visto nos desfiles como da Céline e Stella McCartney. Por isso escolhi um sweater xadrez em azul para esquentar o dia, que teve até um solzinho em Londres.

O xadrez não foi apenas uma tendência do Inverno 2013.14, mas também permanece no próximo inverno internacional (A/W 2014.15), sendo renovado e aparecendo nas coleções de forma super colorida e às vezes até um tanto quanto psicodélica. A coleção de Markus Lupfer foi uma delas, confira aqui as fotos da apresentação que aconteceu em Londres em fevereiro.

Quer saber mais sobre Londres? Confira um guia completo de compras na Oxford Street em Londres, clique aqui.


Vitrine Selfridges em Londres – Louis Vuitton

A vitrine que estava parando todo mundo que passava pela Oxford Street era a vitrine da Selfridges no final do ano, que trazia uma bolsa Alma da Louis Vuitton em uma escala enorme, cobrindo quase toda uma janela de vitrine da loja.

Bolsa Alma na vitrine da Selfridges em Londres

Grandes lojas, grandes vitrines.


Fashion Galore! – A exposição de Isabella Blow na Somerset House

Sempre que vou viajar dou uma olhada nas exposições que vão estar em cartaz na cidade durante minha viagem e em Londres sempre tem algo incrível. Quando estava planejando minha viagem para o final do ano, fiquei super feliz que a exposição Fashion Galore! ainda estaria em cartaz enquanto eu visitava a cidade para o Ano Novo. Fashion addicted que sou, nem preciso dizer que era um dia no meu itinerário dos mais esperados.

Fashion Galore! Exposição de moda sobre Isabella Blow

foto: divulgação

Lá fui eu para a Somerset House em um lindo dia com um pouco de sol em Londres (pra mim praticamente todos os dias são lindos em Londres, #ldnlove), sem palavras para descrever o guarda-roupa incrível de Isabella Blow.

Fashion Galore! Exposição de moda sobre Isabella Blow

foto: divulgação

Da última vez que estive em Londres em 2011, a parte de moda do Victoria & Albert Museum estava em reforma e não pude conhecer, esse ano comecei um dia indo ao V&A conhecer a parte de moda (incrível conferir de perto peças de Dior dos anos 40 e 50 e muitas outras que fizeram história) e no dia seguinte, fui à Somerset House, dois dias de muita moda e inspiração fashion, amei!

Ver criações do início da carreira de Alexander McQueen e de Phillip Tracy é praticamente indescritível para mim, que sempre apreciei o trabalho desses dois criadores. A exposição foi muito bem organizada e trouxe vários dados e curiosidades da vida de Isabella Blow, como cartas e recados da editora. Seu guarda-roupa era magnífico, sapatos, roupas, acessórios e os chapeis super marcantes, de se apaixonar e querer ter um igual.

Fashion Galore! Exposição de moda sobre Isabella Blow

foto: divulgação

 

Há alguns anos mostrei a exposição de Madame Grès que visitei em Paris em 2011 e adorei, repleta de história e peças muito bem construídas (veja o post aqui), mas a exposição Fashion Galore! passa a ser a melhor exposição de moda que já visitei.

Ao final da exposição, ela terminava com um fashion fim com looks e peças da exposição Fashion Galore, confira o vídeo que também é lindo:


Vitrines: Burberry em Londres

Trazendo mais vitrines que vi na minha viagem, essas são da Burberry em Londres do finalzinho de dezembro, quando estive na cidade para passar o Ano Novo.

Vitrine da Burberry de Ano Novo em Londres

As vitrines da Burberry traziam looks de ano novo e sacolas e mais sacolas, pois já tinha começado o período de liquidações, mostrando que nada de colocar só uma placa escrito “sale”, ok?

Vitrine de Ano Novo da Burberry em Londres

Vitrine da Burberry de Ano Novo em Londres Vitrine da Burberry de Ano Novo em Londres

Vitrine da Burberry de Ano Novo em Londres

 Curta no Facebook Like it on Facebook Follow me on Pinterest


Swatches – Meus batons preferidos

Há alguns meses postei meus batons preferidos aqui no blog, agora separei eles em swatches que mostram melhor as cores dos batons:

RosasSwatches: Batons rosas1. Contem 1g, batom mate cremoso, cor:  Pink. | 2. Chanel, batom Rouge Coco Shine, cor: Chance (56).  | 3.  Collection 2000, Cream Puff (Moisturising Lip Cream), cor: Cotton Candy. | 4.  Chanel, batom Rouge Coco Shine, cor: Monte Carlo (62) | 5. Dior, batom Dior Addict High Shine, cor: Rouge Podium/Runway red (750) [não sei porque o nome é com vermelho, acho ele com cara de rosa]. | 6. Chanel, batom Rouge Coco, cor: Cambon (31). | 7. M.A.C, batom Retro Matte, cor: All Fired Up.

 

VermelhosSwatches: Batons vermelhos1. M.A.C, batom Retro Matte, cor: Ruby Woo. | 2. Dior, batom Dior Addict, cor: New Look (745).

 

Coral/LaranjaSwatches: Batons Coral e Laranja1. Contem 1g, batom mate cremoso, cor: Coral. | 2. Estée Lauder, batom Signature, cor: Portofino Coral. | 3. Givenchy, gloss Interdit, cor: 11. | 4. Make B. O Boticário, batom cremoso, cor: Tangerina Leblon.

 

Cor de BocaSwatches: Batom cor de boca

1. Burberry, batom Lip cover, cor: English Rose. |  2. Burberry, batom Lip cover, cor: Rosewood. | 3. Burberry, batom Lip cover, cor: Cameo Pink.

 

VinhoBatom-vinho-Boticario-Revlon-Just-Bitten-rosa-moda-beleza-blog-curitiba

1. Make B. O Boticário, batom cremoso, cor: Vinho Tinto. | 2. Revlon, lipstain + balm Just Bitten, cor: Beloved/Adoration. | (Oops, faltou um rosa junto com os outros rosas) 3. Revlon, lipstain + balm Just Bitten, cor: Passion.

 

GlossSwatches: Gloss

1. Illamasqua, Intense Lipgloss, cor: Succubus. | 2. Bourjois, gloss Effet 3D, cor: Rouge Democratic | 3. Bourjois, gloss Effet 3D Max, cor: Framboise ardent. | 4. Bourjois, Eau de Gloss, cor: Framboise glacée. | 5. Bourjois, gloss Rose Exclusif (o gloss é transparente e fica um rosa diferente de acordo com o ph ds lábios de cada pessoa, você passa e depois de alguns minutinhos, começa a aparecer a cor rosa). 

Para conferir os batons e suas embalagens lindas, clique aqui.


Look do Dia – Inverno em Paris no Château de Vincennes

Salut!

Mais um look que usei em Paris. Quando visitei o Château de Vincennes, fiz uma pausa para fotografar o look do dia. O Château de Vincennes é um dos castelos mais importantes da história da França, foi construído no século XIV por Charles V.

O castelo faz parte da região metropolitana de Paris e está na Zona 2 do metrô, quem compra o Paris Visite para visitar o centro de Paris, estão inclusas as zonas 1 e 2, é só descer na estação Château de Vincennes.

Look do dia em Paris o château de Vincennes - Inverno 2014Look do Dia: Casaco: Lafort | Tricô: Asos | Lenço: Asos | Calça jeans: Animale | Bolsa: Animale

O casaco é o mesmo modelo do editorial “Coat-Me!” (confira aqui) que fiz o styling com tendências em casacos para esse inverno. O casaco é midi (tendência da estação, o comprimento dos casacos fica mais longo nesse inverno) e é otimo, já que é super quentinho, estou adorando ele para esse inverno. E mesmo por ser midi, não quer dizer que só pode ser usado com salto alto.

Como comentei no post com o look na Torre Eiffel, estar confortável é necessário para quem vai visitar castelos e, como eu, gosta de conhecer todos os detalhes, entrar e visitar todos os lugares permitidos dos pontos turísticos.

Look do dia em Paris o château de Vincennes - Inverno 2014Sobre o Château de Vincennes, quem já visitou les incontournables de Paris – como são chamados os principais pontos turísticos como Torre Eiffel, Museu do Louvre, Av. des Champs-Élysées e etc -, vale visitar o castelo. Bem menos movimentado que o Palácio de Versalhes, você pode visitar tudo com calma e espaço. O castelo é uma fortaleza, a mais próxima de Paris e além do castelo e seus pavilhões, tem a Sainte-Chapelle, uma capela super linda, onde me apaixonei pelos vitrais.

Chateau de Vincennes em Paris

Acho incrível conhecer lugares repleto de histórias e acontecimentos, quantas coisas já aconteceram lá e quantas pessoas e gerações já não passaram por lugares assim?


Page 50 of 146« First...102030...4849505152...607080...Last »

Vídeo