Rotterdam em um dia (Holanda/Países Baixos)

Se você está planejando uma viagem aos Países Baixos (Netherlands), Rotterdam ou também chamada de Roterdã em português, é uma das principais cidades de lá e fica na Holanda do Sul, conhecida por sua arquitetura super moderna, por isso vale a visita, mesmo que rápida. E se você quer visitar a cidade, mas não tem muito tempo, separei um roteiro de um dia em Rotterdam que eu fiz no começo do ano, com os principais pontos turísticos da cidade.

Rotterdam: Roterdã em um dia

 

• Rotterdam: Roteiro de um dia em Roterdã

Rotterdam

Quem costuma viajar pela Europa provavelmente está acostumado a paisagens de arquitetura mais antiga, pense em Itália, França e até Reino Unido, a Europa bem turística costuma ter aquela arquitetura clássica ou antiga que está lá há muitos anos. Em Rotterdam, prepare-se para uma boa dose de modernidade!

Um pouco sobre Rotterdam:

Roterdã é a segunda maior cidade dos Países Baixos, apenas atrás da capital Amsterdã, e com arquitetura super moderna. A sua arquitetura moderna foi criada após a Segunda Guerra Mundial, infelizmente, o centro da cidade foi praticamente inteiro destruído durante a guerra e, atualmente, existem apenas dois prédios históricos em seu centro que datam de antes da Guerra, falo deles mais para frente aqui no post.

Rotterdam também tem um dos maiores portos da Europa (o Rotterdam Port), é a sede da Erasmus University, um dos principais cartões postais da cidade é a Erasmus Bridge e o Markthal Rotterdam, o famoso mercado (market hall) de Roterdã. Outro ponto super famoso na arquitetura da cidade são as casas cubo (se você ainda não me acompanha no Instagram, já mostrei lá @manuluize). Logo abaixo comento mais sobre cada um deles, como chegar, o que fazer por lá e informações mais práticas.

Por ter a Erasmus University, Rotterdam é considerada uma cidade universitária, com uma vida noturna agitada de bares e baladas, mas também com muitas lojas internacionais como Forever 21, H&M, Primark, Mango e etc. Ou seja, você pode ter muito o que fazer na cidade, mas separei os principais pontos que você não pode perder em um roteiro de um dia em Roterdã.

 

Roterdã

A língua da cidade é o holandês, se assim como eu, você não fala a língua nem alemão, não dá pra entender praticamente nada, mas não se preocupe, todo mundo fala inglês! Em lojas, restaurantes, no mercado de Rotterdam, nas ruas e pontos turísticos, é super fácil de se comunicar no inglês. Máquinas para comprar bilhetes de trem e metrô também tem a opção de pelo menos em inglês, ufa!

Eu sempre gosto de saber umas palavrinhas na língua local na hora de viajar para algum país, como um “bom dia”, “boa noite”, “oi” ou perguntar se a pessoa fala inglês, juro que tentei decorar no holandês, mas na falta de tempo acabou não dando certo, mas se você está com tempo, separei esse vídeo Greetings in Dutch.

 

• Principais pontos turísticos de Rotterdam:

Rotterdam uma cidade moderna

Roterdã é uma cidade super moderna e muitos prédios de vidro podem ser avistados por toda a cidade. Confira seus principais pontos turísticos:

• Rotterdam Port, um dos maiores portos da Europa

• Erasmusbrug (Erasmus Bridge)

• Markthal Rotterdam (Market Hall / Mercado de Roterdã)

• Grote of Sint-Laurenskerk (Igreja protestante, uma das pouquíssimas construções antigas do centro da cidade)

• Kijk Kubus (Cube House – As Casas Cubo)

• Euromast (torre)

• SS Roterdam (barco com museu e restaurante, o museu tem entrada paga, mas você não paga nada para ir aos restaurantes – site)

 

• Roteiro: Um dia em Rotterdam

Rotterdam: Estação de Trem

Se você chega de trem à Roterdã, é ao sair da própria estação que você já vê a arquitetura moderna da cidade. A Estação Central de Rotterdam (na foto acima), também tem estação de metrô. Nesse roteiro de um dia em Roterdã, você pode ir de manhã cedinho se estiver hospedado em uma cidade próxima e passar o dia ou então se ficar hospedado em Rotterdam, pode aproveitar para conhecer um pouco dos bares e baladas da cidade.

Atenção se você for voltar no final do dia de trem: não esqueça de conferir o horário do último trem para voltar para a cidade que estiver hospedado, just in case, assim você já sabe que horário precisa voltar para a estação.

 

Roterdã na Holanda do sul - Países Baixos

Dica: Falando em trem e metrô, todas as estações, trens e trams de Rotterdam tem wifi gratuito. Nem precisei usar o plano internacional por lá, é só parar em uma estação e conferir o que perdeu, a rua errada que entrou. rsrs

Assim como muitas cidades européias, a vantagem é que em Roterdã temos vários dos seus principais pontos turísticos próximos uns aos outros, por isso, nesse caso, você pode fazer um roteiro de um dia vendo os principais pontos. Confira um mapa de onde fica cada ponto do roteiro no final do post.

Vai fazer um tour pela Europa e vai visitar a Itália? Clique e confira minhas: Dicas de Viagem na Itália.

 

• Roteiro do dia:

01. Markthal Rotterdam:

Markthal - Rotterdam (Market Hall)

Minha sugestão é começar o dia no Markthal, o Mercado de Roterdã, assim você já conhece um dos principais pontos da cidade e pode aproveitar para tomar um café da manhã por lá. O Markthal é um mercado no piso térreo e tem outros andares com pisos de salas comerciais. A parte “visitável” é o andar térreo com o mercado, onde você vai encontrar variedades locais ou gringas (vide o donut super fotogênico mais abaixo que foi minha sobremesa no café da manhã), mas você também encontra algumas facilidades no andar abaixo como um banheiro, lojas de flores (alguém falou em tulipas?) e até mesmo um supermercado (que a propósito tinha preços super em conta). Existem vários doces típicos de lá e em breve vou escrever um posts só sobre alguns dos principais que provei.

 

Além do prédio ser super moderno por fora, por dentro ele também tem um teto super famoso, com desenhos de frutas, verduras e borboletas:

Rotterdam - Market Hall

• Markthal (Rotterdam Market, Market Hall ou Mercado de Roterdã)

Endereço: Dominee Jan Scharpstraat 298, 3011 GZ Rotterdam, Netherlands.

Estação mais próxima: Rotterdam Blaak | Horário: de segunda a sábado 10h – 20h, domingos das 12h às 18:00 horas.

Entrada free | Site: Markthal.

Rotterdam Market (Mercado de Roterdã)

 

02. Grote of Sint-Laurenskerk (Igreja Medieval):

Grote of Sint-Laurenskerk - Rotterdam

A foto é da parte de trás da igreja, pois estava muito frio e com muito vento no dia, então resolvi tirar a foto da frente depois de visitar a igreja para entrar logo no quentinho, mas esqueci quando saí. rs

Seguindo seu passeio, em seguida você pode visitar a igreja que é o único prédio medieval que restou na cidade, próximo ao Markthal, na verdade, tem apenas uma quadra de distância entre eles. A igreja não é muito grande, mas mesmo sendo um dos poucos prédios antigos, a modernidade ainda está presente. Dentro da igreja encontrei uma exposição um tanto moderna com luzes em um espelho que acendiam quando você passava, mostrando que o conceito de modernidade e também a arte são importantes na cidade de Roterdã.

 

Igreja Medieval em Roterdã - Laurenskerk

 

Olha um espelho na igreja! Não, peraí, aí piscou essa mensagem. Olha eu fazendo uma pequena participação especial na foto:

Igreja Medieval em Roterdã

De acordo com as minhas pesquisas no Google Translate: “Ik zal leven” seria traduzido do holandês como “Eu viverei”.

Endereço: Grotekerkplein 27, Rotterdam | Horários:  11h às 17h (abril a outubro de 3f a sábado / de novembro a março: aberta apenas 3f, 5f e sábado).

Estação mais próxima: Rotterdam Blaak

Entrada: € 3 | Site: Laurenskerke

 

03. Kijk Kubus (Cube House – As Casas Cubo)

As Casas Cubo em Rotterdam

Como comentei, esses pontos turísticos são todos super pertinhos, duas quadras da igreja anterior estão as famosas Casas Cubo de Rotterdam criadas por Piet Bloom (aquela frase lá no início é dele mesmo), que tem uma arquitetura super diferente de todos os outros tipos de casas e escritórios que estamos acostumados a ver por aí.

Com o nome de Kijk Kubus na língua local (ou Cube House no inglês), as casas cubo tem um museu no local (Show Cube) que mostra como seria a arquitetura e decoração interna de uma das casas, que é bem pequena mesmo. Se você gosta do tema ou ficou apenas curioso para ver como é uma casa dessas, vale a visita no museu Kijk Kubus. As casas cubo tem 3 andares, divididos entre living, cozinha, espaço para 2 quartos e um último andar com 18 janelas. Imagino que deve ser muito diferente ou quem sabe até divertido viver em uma casa dessas.

 

Manu Luize - Casas Cubo em Roterdã

Por favor, finja que não notou a minha cara de sono de quem dormiu super tarde e cedo estava já indo para o Markthal, mas esse é o último andar do museu da Casa Cubo em Roterdã, com suas 18 janelas e esse sofá e o teto acima dele são baixinhos mesmo como mostra a foto.

 

Parece até uma imagem abstrata, mas não, é apenas a vista de uma das janelas do museu, você vê outras casas cubo e a Blaaktower (que tem um formato de um lápis), a torre fica em pé com 90˚ do chão, ela parece torta porque devo ter fotografado de uma janela meio de lado com algum ângulo meio aleatório.

Arquitetura moderna em Roterdã

Endereço: Overblaak 70, 3011 MH Rotterdam, Netherlands | Horário: 11h às 17h

Estação mais próxima: Rotterdam Blaak

Entrada: € 2.50 | Site: Kijk Kubus.

 

04. Erasmusbrug (Erasmus Bridge):

Erasmusbrug (Erasmus Bridge) em Rotterdam

Um dos principais cartões postais de Rotterdam é a Erasmusbrug (Erasmus Bridge do inglês) em Rotterdam, aqui em um ângulo diferente do tradicional, quando eu já estava entrando na ponte, mas só para ficar diferente da foto da ponte que já mostrei mais no início do post. A ponte foi inaugurada em 1996, viu só porque a cidade tem uma arquitetura super moderna? Muitos pontos e prédios são bem recentes se comparados com outros países europeus.

A ponte Erasmus Bridge liga a parte norte e sul da cidade de Roterdã e é uma das maiores pontes dos Países Baixos, ela tem 802 m.

 

05. Rotterdam Port:

Rotterdam port

Saindo das Casas Cubo para a Erasmus Bridge você já vai avistar vários navios no caminho até a ponte, então tecnicamente você não precisa ir até o ponto onde fica o porto, mas se quiser visitar o SS Rotterdam, ele fica próximo ao ponto marcado no mapa. Tudo depende de quanto tempo você tem na sua tarde. Eu acabei não visitando, pois estava muito frio e vento (estive em Roterdã no final de fevereiro), então preferi seguir direto para lugares mais quentinhos.

Se você está seguindo os pontos desse roteiro, nesse momento já deve ser mais ou menos o início da tarde. Então quem quiser combinar os pontos turísticos com passeios “comprísticos”, separei algumas ruas em que você encontra lojas de vários estilos e preços, femininas, masculinas e até mesmo infantis, chegou o momento das compras!

 

05. Ruas para compras em Rotterdam: Cool District

Compras em Rotterdam

Para ficar próximo à estação Central, caso você esteja apenas passando o dia em Rotterdam, indico um local onde você encontrará loja ao lado de loja e que fica a apenas algumas quadras da Estação Central de Roterdã, facilitando o caminho. A região também é uma opção para ficar hospedado no centro da cidade, próximo aos pontos turísticos que indiquei nesse roteiro, mas também tem vários bares e restaurantes para quem vai passar a noite na cidade. Chamado de Cool District, já dá para imaginar, né? Você vai encontrar marcas como H&M, Mango, Zara, Addidas, River Island, Douglas (rede de lojas comum por lá com maquiagens, perfumes e etc).

Você pode começar pela rua Kruiskade, onde estão marcas high end como Michael Kors, Hugo Boss, Tommy Hilfiger, entre outras e ir “descendo”, ir para o sentido contrário à estação central. Nas ruas paralelas você encontra as outras marcas que comentei em ruas como Korte Lijnbaan, Lijnbaan, Aert van Nesstraat até a Van Oldenbarneveltplaats, onde estão as marcas mais high street.

 

Rotterdam na Holanda - Viagem e Turismo

Eu fiquei hospedada na casa de amigos da minha irmã, próximo dessas ruas e achei a região estratégica para conhecer os lugares. De manhã cedo fomos a pé para o Markthal e depois para vários outros pontos turísticos. A única que não fizemos a pé foi para ir a um shopping chamado Winkelcentrum Zuidplein, que era um pouco mais longe, mas que não gostei muito. O shopping tem uma Primark (para quem não conhece, é uma loja de roupas e acessórios MEGA barata, acho interessante para comprar coisas básicas como meia calça que uso muito no inverno, meias, blusinhas para esquentar por baixo e etc), mas nem a seleção da loja era bacana. Outras lojas como H&M, Douglas, mas mesmo essas grandes lojas tinham uma seleção de produtos que não me agradou muito, em resumo, acredito que era um shopping com um estilo mais “popular”, aconselho dar uma olhada no site para conferir as lojas e ver se interessa antes de ir até lá Winkelcentrum Zuidplein.

De um modo geral, achei que o gosto holandês para moda não foi muito similar ao meu, para quem não trabalha com moda, explico uma coisa: mesmo as grandes marcas tem uma seleção diferente de roupas de acordo com o país, cidade ou mesmo bairro dentro de uma cidade, ou seja, cada loja recebe peças diferentes de acordo com o seu público. Achei que a seleção de marcas como H&M, Mango e Zara é bem mais fashion e trendy em países como Itália, Alemanha e Aústria, acabei não gostando muito das peças que encontrei em Rotterdam na Holanda e isso aconteceu em várias lojas. Comprei algumas coisas, pois peguei época de Sale, mas confesso que muito pouco.

 

• Mapa do roteiro de um dia em Rotterdam:

Adorei a cidade! Rotterdam é perfeita para trazer um pouco de modernidade para quem está viajando pela Europa, a cidade não tem só modernidade, mas também muita tecnologia e as coisas parecem funcionar. Super bacana para quem viaja ter wifi free e livre em todas as estações e transporte público da cidade (inclusive nos trens que viajam a outras cidades, mas não sei confirmar se é no país todo), facilita bastante a vida do viajante/turista que pode usar um mapa no celular quando estiver meio perdido ou mesmo, encontrar um restaurante próximo ou até postar aquela selfie nas redes sociais. Claro que a cidade tem muito mais o que fazer, mas separei esses pontos para quem quer passar pela cidade e conhecer um pouco, mas sem ter muito tempo disponível, mas Rotterdam já me encantou e me deixou muito curiosa para conhecer outras cidades nos Países Baixos.

Adora fotos de viagem? Compartilhe suas fotos comigo no meu instagram @Travelsland, siga o perfil e use a hashtag #travelsland ou me acompanhe no @manuluize.

share

Manu Luize

Loading Facebook Comments ...

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *