fbpx
 

Tag: London


Tour em Notting Hill (Londres) onde foi gravado o filme

Notting Hill é um clássico do cinema e o bairro de mesmo nome em Londres é lindo! Quem já conhece o bairro pelo filme vai adorar fazer um tour em Notting Hill, por onde foram filmado o filme e se encantar por esse bairro super charmoso de Londres.

Tour em Notting Hill - Londres

Como já comentei em outros posts de viagens aqui, eu adoro andar a pé e conhecer cada cantinho. Eu fiz esse tour quando estive em Londres no começo do ano passado e fiz sozinha (sem guia ou agência de turismo), pesquisei as locações do filme, anotei tudo e num frio dia de Janeiro, fui conhecer os lugares com a minha família, bom, na verdade a “guia” era eu. No trailer do filme você pode relembrar alguns locais e no final do post você confere um mapa com todos os lugares.

Então, vamos lá para o roteiro em Notting Hill com os lugares do filme em Londres:

Para começar esse tour por Notting Hill, se você for de metrô, você pode descer na estação Notting Hill Gate, uma das saídas da estação já saí de pertinho da nossa primeira parada no roteiro, o Coronet Cinema. Você pode fazer esse roteiro como um passeio a pé e ele vai levar em torno de uma hora, os lugares são próximos uns dos outros e se você for passear pelo Portobello Road Market, acrescente mais um tempinho na duração do passeio.

1. Coronet Cinema:

Coronet Cinema em Notting Hill - Londres

É no Coronet Cinema que o personagem William assiste ao filme Helix, aquele filme com Anna Scott (Julia Roberts). O cinema antes era um teatro que abriu em 1898, por isso seu interior todo requintado como vemos em “Notting Hill”.

Coronet Cinema em Nottinh Hill

• Endereço do cinema Cornet Cinema no filme Notting Hill:

103, Notting Hill Gate, Notting Hill, London.

 

2. Rosmead Gardens:

Rosmead Gardens no filme "Notting Hill"

No filme, William e Anna Scott pulam o muro de um jardim em Notting Hill, quem lembra da cena? Whoops-a-daisy! é a expressão meio antiquada que o personagem de Hugh Grant fala quando escorrega tentando pular o muro. Anyway, não tente repetir a cena no local e entenda o porquê:

Notting Hill tem vários jardins privados, são jardins que são mantidos pelos próprios morados da região e apenas quem tem a chave pode usar os jardins. Ou seja, entrar em propriedade privada é crime.

Rosmead Gardens em Londres

• Endereço do jardim que aparece no filme:

Rosmead Gardens: Rosmead Road, Notting Hill, London W11.

 

3. Casa de Bella e Max em Notting Hill:

Casa de Bella e Max no filme Notting Hill

A casa de Bella e Max no filme é uma das típicas casas coloridas que encontramos em Notting Hill, a do filme é uma verde que fica na Lansdowne Road. Nessa rua tem várias casas como essa, uma ao lado da outra, em cores diferentes.

Casa de Bella e Max no filme Notting Hill

• Endereço da Casa de Bella e Max no filme:

91 Lansdowne Road, Notting Hill, London W11.

 Quer mais dicas sobre Londres? Conheça meu Guia Completo da Oxford Street em Londres.

4. Portobello Road Market:

Portobello Road Market

Um dos lugares mais famosos de Notting Hill em Londres, é claro que o filme não poderia deixar de mostrar esse ponto turístico super famoso da cidade. O Portobello Road Market é como uma feira que funciona na rua de mesmo nome e aparece no início do filme, frutas, verduras e a famosa parte do mercado de antiguidades compõe esse mercado.

Portobello Road Market - Londres

• Endereço do Portobello Road Market:

Portobello Road, Notting Hill, London W11.

 

5. Loja no local onde era a Livraria de William em Notting Hill:

Loja Notting Hill - filme em Londres

No n˚ 142 Portobello Road, a mesma rua do mercado, fica uma loja com fachada azul em que foi a locação da livraria de William (Hugh Grant no filme). Vira e mexe o local tem uma loja diferente com a mesma fachada (super turística), quando estive lá no início de 2014, o local estava à venda. É ali que foi filmado a livraria de William.

• Endereço da loja Notting Hill:

142 Portobello Road, Notting Hill, London W11.

 

6. Livraria que inspirou a livraria de William:

The Notting Hill Bookshop - Londres

No entanto, a loja de livros que inspirou a loja de William (Hugh Grant) fica próxima ao local, mas fora da Portobello Road. A loja era chamada The Travel Bookshop e funcionava lá até 2011, depois mudou. Quando visitei em 2014, a loja atual era uma livraria, mas não de viagens como antes e é chamada de The Notting Hill Bookshop, mas tem uma plaquinha (essa redonda azul na foto) que conta que fez parte do filme.

• Endereço da The Notting Hill Bookshop (The Travel Bookshop):

13 Blenheim Crescent, Notting Hill, London W11.

 

7. Porta da casa de William Thacker (Hugh Grant) | William’s flat door

William's Flat door "Notting Hill"

A porta mais famosa de Notting Hill é a porta do local que ficou conhecido como a casa de William (Hugh Grant) no filme. A porta azul de quando foi gravado o filme foi leiloada (em um leilão de caridade) e substituída por outra preta mais “anônima” por um tempo, mas foi pintada novamente de azul para a felicidade dos turistas (uhul!). Mas as colunas e fachada estavam brancas e não tudo azul como no filme.

Endereço da casa de William Thacker em Notting Hill

• Endereço da casa de William Thacker no filme Notting Hill:

280, Westbourne Park Road, Notting Hill, London.

 

• Mapa com os pontos turísticos do tour do filme Notting Hill em Londres:

Notting Hill é um bairro super charmoso de Londres e é super gostoso de passear por lá, mesmo com os ventos frios do inverno londrino. É tão lindo e charmoso que qualquer lugar é lindo para um look do dia:

Look do dia em Notting Hill - Manu Luize


Vitrine Harrods – London Fashion Week A/W 14.15

Mais vitrines de Londres: essa é da Harrods em fevereiro, quando estive na cidade para a semana de moda e claro que a London Fashion Week inspirou uma vitrine especial na loja de departamentos. Ainda aproveitando o ano do cavalo no ano chinês, o animal foi parar nas vitrines da loja. Vejo como uma mistura de brilho, ano novo chinês e Isabella Blow (que ganhou uma exposição em Londres no ano passado e ainda estava em cartaz até o início desse ano, confira aqui sobre a exposição).

Vitrine Harrods - London Fashion Week A/W 14.15

Vitrine Harrods - London Fashion Week A/W 14.15

Vitrine Harrods - London Fashion Week A/W 14.15 Vitrine Harrods - London Fashion Week A/W 14.15


Vitrine Selfridges em Londres – Louis Vuitton

A vitrine que estava parando todo mundo que passava pela Oxford Street era a vitrine da Selfridges no final do ano, que trazia uma bolsa Alma da Louis Vuitton em uma escala enorme, cobrindo quase toda uma janela de vitrine da loja.

Bolsa Alma na vitrine da Selfridges em Londres

Grandes lojas, grandes vitrines.


Fashion Galore! – A exposição de Isabella Blow na Somerset House

Sempre que vou viajar dou uma olhada nas exposições que vão estar em cartaz na cidade durante minha viagem e em Londres sempre tem algo incrível. Quando estava planejando minha viagem para o final do ano, fiquei super feliz que a exposição Fashion Galore! ainda estaria em cartaz enquanto eu visitava a cidade para o Ano Novo. Fashion addicted que sou, nem preciso dizer que era um dia no meu itinerário dos mais esperados.

Fashion Galore! Exposição de moda sobre Isabella Blow

foto: divulgação

Lá fui eu para a Somerset House em um lindo dia com um pouco de sol em Londres (pra mim praticamente todos os dias são lindos em Londres, #ldnlove), sem palavras para descrever o guarda-roupa incrível de Isabella Blow.

Fashion Galore! Exposição de moda sobre Isabella Blow

foto: divulgação

Da última vez que estive em Londres em 2011, a parte de moda do Victoria & Albert Museum estava em reforma e não pude conhecer, esse ano comecei um dia indo ao V&A conhecer a parte de moda (incrível conferir de perto peças de Dior dos anos 40 e 50 e muitas outras que fizeram história) e no dia seguinte, fui à Somerset House, dois dias de muita moda e inspiração fashion, amei!

Ver criações do início da carreira de Alexander McQueen e de Phillip Tracy é praticamente indescritível para mim, que sempre apreciei o trabalho desses dois criadores. A exposição foi muito bem organizada e trouxe vários dados e curiosidades da vida de Isabella Blow, como cartas e recados da editora. Seu guarda-roupa era magnífico, sapatos, roupas, acessórios e os chapeis super marcantes, de se apaixonar e querer ter um igual.

Fashion Galore! Exposição de moda sobre Isabella Blow

foto: divulgação

 

Há alguns anos mostrei a exposição de Madame Grès que visitei em Paris em 2011 e adorei, repleta de história e peças muito bem construídas (veja o post aqui), mas a exposição Fashion Galore! passa a ser a melhor exposição de moda que já visitei.

Ao final da exposição, ela terminava com um fashion fim com looks e peças da exposição Fashion Galore, confira o vídeo que também é lindo:


Markus Lupfer – Outono/Inverno 2014 LFW

Hello!

Fui para Londres para a London Fashion Week essa semana, estava na Itália tão pertinho que não resisti a ir para lá e aproveitar os desfiles. Markus Lupfer apresentou sua coleção de Outono/Inverno 2014.15 na London Fashion Week no dia 15 em um cenário de tea/coffe shop. Diferente dos desfiles, as apresentações costumam ser um pouco mais informais com as modelos conversando e posando para as fotos, no caso, como se estivessem mesmo em um café.

Markus Lupfer - Outono/Inverno 2014.15A coleção de Inverno 2014 de Markus Lupfer é inspirada na Inglaterra, passando por lugares como Manchester, Brighton e Blackpool, até o chamado full English breakfast é inspiração para a coleção do estilista, uma coleção britânica, mas com uma pegada Markus Lupfer.

“I wanted to do something British but put my own spin on it. I was immediately drawn to the humour and colour in the photography of Martin Parr.”, traduzindo Markus: quis fazer algo britânico, mas com o seu toque. Ele foi atraído pelo humor e pelas cores nas fotografias de Martin Parr. Fotógrafo que busca perspectivas diferentes em suas fotos e fotografa, em sua maioria, desconhecidos. Em suas fotos, as cores são elementos importantes (clique aqui para conhecer o blog do fotógrafo). E foi daí que Markus Lupfer buscou inspiração para as cores da sua coleção de Autumn/Winter 2014 e a peça que mais exemplifica isso é esse suéter em colour clash azul e rosa (que adorei!):

Markus Lupfer - Outono/Inverno 2014.15

imagem: divulgação/Markus Lupfer

Falando em britânico, o estilo mod que começou no Soho em Londres com estudantes de arte e adolescentes da working-class, também inspirou o Inverno 2014 de Markus Lupfer.Markus Lupfer - Outono/Inverno 2014.15Estampas e cores fazem da coleção de outono/inverno uma coleção super jovem e divertida. As estampas da coleção consistem em polka dots, xadrez, floral e animal print.

Markus Lupfer: Outono/Inverno 2014.15

As silhuetas trazem linhas retas, mas sem deixarem de ser femininas. Recortes na barriga são a evolução do cropped para uma peça única.Markus Lupfer: Outono/Inverno 2014.15


Exposição Club to Catwalk: London Fashion in the 1980s

A partir de amanhã (10 de julho) a moda dos anos 1980 invade o Victoria & Albert Museum em Londres.

Exposição Club to Catwalk: London fashion in the 1980s em Londres

imagem: va.co.uk

A exposição Club to Catwalk: London Fashion in the 1980s fica em cartaz de 10 de julho 2013 a 16 de fevereiro 2014 no museu V&A para expor a explosão de criatividade que aconteceu na moda em Londres na década de 80. A mostra traz 85 looks que representaram os anos 80, incluindo looks de novos designers da época como John Galliano, Betty Jackson, Katharine Hamnett e Wendy Dagworthy.

O nome da exposição Club to Catwalk, traduzindo seria algo como “Do club/bar, à passarela”, mostra as influências dos clubs que explodiram na década de 80 em Londres e suas influências na moda, especialmente para novos estilistas que ainda eram estudantes durante a década.

Club to Catwalk

imagem: va.co.uk

Club to Catwalk

imagem: va.co.uk

Club to Catwalk

imagem: va.co.uk

No site do V&A Museum, John Galliano relembra: ‘Thursday and Friday at St Martin’s, the college was almost deserted. Everybody was at home working on their costumes for the weekend. Tradução:  “Quinta e sexta-feira na St Martins [Central Saint Martins], a universidade ficava praticamente deserta. Todo mundo estava em casa trabalhando nas suas roupas para o final de semana.”

Club to Catwalk

imagem: va.co.uk

Club to Catwalk

imagem: va.co.uk

Club to Catwalk

imagem: va.co.uk

Exposição: Club to Catwalk: London Fashion in the 1980s

10 Julho 2013 a 16 fevereiro 2014 | Victoria & Albert Museum – Londres | Entrada: £5

 Curta no Facebook Like it on Facebook Follow me on Pinterest


Mary Quant – Fast Post #10

Alguns dias atrás, quando visitei o Museu de Londres, não consegui uma foto descente de um design da Mary Quant graças às vitrines do museu e seus reflexos.

A couple of days ago, I visited the Museum of London, but I couldn’t get a decent photo of a Mary Quant’s design thanks to the museum’s window glass.

Um surpresa quando visitando o Design Museum ontem, me deparo com um mini vestido Mary Quant dos anos 60:

Mary Quant no Design Museum em Londres

So, it was a surprise when I was visiting the Design Museum yesterday and I saw a mini dress by Mary Quant from the 1960s.