Pesquisa sobre a venda de carros durante a pandemia

Venda de carros durante pandemia

O setor de vendas de veículos seminovos Nissan e de outros usados está mostrando um bom crescimento durante a pandemia, mesmo com a forte crise econômica. Um dos motivos são os preços bem elevados dos carros 0 km e outro, a necessidade de cuidar da saúde nesta situação sanitária, evitando ao máximo o uso do transporte público.

A pandemia surpreendeu ao mundo todo, obrigando a atrasar os sonhos e desejos que as pessoas planejaram nos meses anteriores ao início do problema. Todo mundo ficou mais tempo em casa, deixando de lado as viagens programas e passeios especiais. Mas os seminovos Nissan bem como outros carros usados foram procurados para a compra.

O início da pandemia foi muito difícil, com o mercado financeiro caindo, lojas fechando, funcionários perdendo os seus empregos e pessoas adoecendo. Nessa fase é obvio que ninguém se preocupou na compra ou venda de veículos, nenhuma pessoa cogitou em visitar uma concessionária Nissan seminovos ou uma agencia de compra e venda de carros usados.

Com os meses passando e a situação começando a esclarecer um pouco tudo, as pessoas começaram a sair da toca e as lojas começaram a abrir. Desse modo, o mercado automotivo começou a se movimentar. 

O chamado ‘novo normal’ permitiu que tudo começasse a se movimentar, ainda que bem devagar. E isso fez toda a diferença no setor automobilístico, apesar da situação econômica geral.

O aquecimento no mercado automotivo

carros durante a pandemia

Ainda com a pandemia, a reativação do mercado financeiro ajudou a deixar para trás o período mais difícil e complicado. No entanto, é importante destacar que o mercado automotivo é um dos pouquíssimos setores da economia brasileira que aqueceu durante a pandemia, especificamente o setor de carros usados.

A Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores) fez um balanço, indicando que o mercado de veículos usados se expandiu. Houveram meses do ano de 2020 que registraram uma porcentagem maior de venda de carros usados comparado com os mesmos períodos do ano anterior.

É importante levar em consideração que o aumento nas vendas de carros seminovos Nissan e outros veículos usados, não se deve somente ao aquecimento da economia, mas principalmente ao medo das pessoas de se contagiarem com Covid 19. A necessidade de evitar o uso do transporte público fez com que muitas pessoas cogitassem a necessidade de ter um carro próprio.

Assim sendo, viajando de carro, as pessoas evitam qualquer contágio que poderia acontecer no ônibus, no metro ou qualquer outro tipo de transporte público. O veículo passou a ser a continuidade da casa, a extensão do lar e, desse modo, todo mundo se sente mais seguro.

Mas outro motivo da compra de um Nissan Tokio seminovo ou de qualquer outro veículo seminovo ou usado, é que o investimento que esse tipo de carros exige é bem menor que o de um veículo novo, 0 km.

Os carros mais vendidos nos últimos tempos no Brasil:

Durante o presente ano de 2021, as vendas dos carros usados no Brasil aumentaram em um 55% aproximadamente.  Considerando o mesmo período do ano passado, o aumento nas vendas chegou a um 12%.

Acontece que os consumidores preferem escolher o mesmo conforto e segurança de um veículo 0 km, investindo menos dinheiro em um veículo seminovo ou usado. E tem mais ainda: como a desvalorização de um carro usado corre bem mais devagar que a desvalorização de um carro novo (que perde logo de cara um 20% de valor investido), os consumidores não hesitam em adquirir carros usados.

Os carros seminovos que foram os mais vendidos neste ano de 2021 são:

  • Chevrolet Onix, um hatch confortável e espaçoso
  • Ford Ka, um carro muito popular
  • Toyota Corolla, um sedan médio
  • Honda Civic, um sedan médio
  • Ford Fiesta, um dos mais populares da marca 
  • Fiat Palio, um dos carros mais procurados da marca
  • Fiat Uno, um dos mais escolhidos
  • Chevrolet Celta, um carro hatch confortável
  • Volkswagen Gol, um carro hatch bem popular
  • Volkswagen Saveiro, versão picape da linha Gol