fbpx
 

Tag: História da Moda


Exposição “A História do Sapato” no ParkShopping Barigüi

Quem acompanha o blog sabe que meus acessórios preferidos são os sapatos, amo! E também adoro a história da moda, faça uma mistura entre os dois e você chega na exposição “A História do Sapato” que está no ParkShopping Barigüi até dia 05 de outubro, imperdível!

Exposição A História do Sapato no Parkshopping Barigüi em Curitiba

O modelo é de 2007, criado pela sapataria inglesa Gina.

Acho simplesmente incrível conhecer modelos antigos de sapatos (inclusive já mostrei aqui no blog alguns que estão no Victoria & Albert em Londres e no Museu de Londres, veja links no final do post), mas o que acho mais interessante ainda, é ver como alguns modelos super antigos ainda conseguem ser atuais! Por exemplo, um dos sapatos da exposição no ParkShopping Barigüi é do século XVII (1601-1700), um sapato de mais de 300 anos e que poderia muito bem estar numa coleção atual de uma marca como Dior ou Roger Vivier e era lindo.

Essa última semana fui convidada pelo ParkShopping Barigüi para visitar a exposição e participar de um desafio: montar looks com coleções atuais de Verão 2015 das lojas do shopping para dois sapatos da exposição e os sapatos que escolhi foram: esse preto de penas da primeira foto e o tal sapato do século XVII. Mas antes de mostrar os looks, quero mostrar um pouquinho dos destaques da exposição (os sapatos expostos são réplicas de sapatos históricos e super famosos, como alguns criados por Salvatore Ferragamo):

Sapatos antigos na exposição A História do Sapato no ParkShopping Barigüi

Réplicas de modelos de sapatos super antigos, alguns até um tanto bizarros como esse preto no meio da foto. Outros como esses saltos do lado direito são parecidos com sapatos que já postei na fanpage do blog de museus na Itália, super diferentes.

Outro dia estava pesquisando sobre a história dos sapatos e descobri que os saltos plataformas foram criados para que as pessoas não sujassem os pés na lama, elas ficavam mais altas e nada de sujar os pés! E isso faz muito sentido quando penso nesses sapatos super antigos da Itália que estão na foto de cima.

Destaques da exposição "A História do Sapato" no ParkShopping Barigüi em Curitiba

Sapatos antigos na exposição A História do Sapato no ParkShopping Barigüi

Olha só uma réplica do sapatinho vermelho da Dorothy do “Mágico de Oz”.

Sapato do século XVII da Itália - Exposição no ParkShopping Barigüi

Réplica de Sapato do século XVII da Itália em Exposição no ParkShopping Barigüi “A História do Sapato” | Esse foi o outro sapato que escolhi para montar os meus looks, não é lindo e não seria super usável hoje em dia?

Aqui estão os looks que combinei com os sapatos que escolhi da exposição “A História do Sapato” no ParkShopping Barigüi:

Looks de Primavera/Verão 2015 com sapatos antigos

Look na manequim da esquerda: Monica Negreiros | Direita: Thelure

O sapato de penas de 2007, combinei com o vestido em animal print, para fazer uma brincadeira entre as penas do sapato e a estampa, com uma jaqueta de couro vazada, super verão! O vestido e a jaqueta do look são da coleção de Verão 2015 da Monica Negreiros, que aqui em Curitiba tem loja com exclusividade no ParkShopping Barigüi.

Já o sapato do século XVII se mostrou super atual, combinei com um look brincando com a combinação em preto e vermelho do sapato e o listrado de marinho e vermelho na saia, viu só? Você pode misturar preto e marinho sem problemas. Nesse look, camisa, saia e cinto são da Thelure, que aqui em Curitiba também tem loja apenas no ParkShopping Barigüi.

A tarde terminou em um coquetel na loja Carmen Steffens Maison no shopping, claro, tinha que ter mais sapatos :) :

Coquetel na Carmen Steffens do ParkShopping Barigüi

Carmen Steffens maison no ParkShopping Barigüi

E com gifts da Carmen Steffens e do ParkShopping Barigüi, olha só as minhas escolhas de Verão 2015:

Blusa de seda Lafort e sapatilha preta Carmen Steffens

Na Carmen Steffens escolhi uma sapatilha linda preta de verniz, que é atemporal e vai combinar com tudo, além disso já usei ela e achei super confortável.

Como gift do shopping, escolhi uma blusa de seda branca da Lafort no ParkShopping Barigüi, outra peça que vai combinar com tudo e ela é daquelas peças que no cabide parece só uma blusa, mas que no corpo fica linda. Em breve mostro um look com as duas peças e como usá-las.

Achei a exposição super interessante e para quem gosta de moda, vale muito a visita.

• Exposição A História do Sapato

Endereço: ParkShopping Barigüi | Até dia 05 de outubro 2014.

A exposição é gratuita e fica naquele local onde o shopping sempre realiza exposições, no piso térreo em frente à C&A.


A Beleza de Veneza – Pontos Turísticos – Parte 2

Em abril falei um pouco sobre Veneza (aqui), suas ilhas e alguns dos seus principais pontos turísticos (a Basílica de San Marco, o Palazzo Ducale e o Museo Correr). Nessa segunda parte, separei mais dois outros pontos turísticos da bela cidade para visitar: o Museo di Palazzo Mocenigo e Centro Studi di Storia del Tessuto e del Costume e o Ca’Rezzonico.

Veneza: Principais pontos turísticos da bela cidade italiana

• Museo di Palazzo Mocenigo e Centro Studi di Storia del Tessuto e del Costume:Palazzo Mocenigo em Veneza - ItáliaComo fashionista, o Palazzo Mocenigo era um dos palácios que eu mais queria visitar em Veneza, junto com o Centro Studi di Storia del Tessuto e del Costume, no palácio estão expostos vestidos e costumes dos séculos XVII e XVIII, além de um pouco sobre o percurso do perfume.

Foi o palácio mais cheiro que já visitei, no lugar do “cheiro de antigo” que alguns desses lugares tem, o Palazzo Mocenigo é super perfumado.

Roupas dos séculos XVII e XVIII no Palazzo Mocenigo em Veneza - Itália

Apesar de algumas salas terem expostas as vestimentas da época, também visitam-se as salas do palácio como em todos os outros, por isso, homens e pessoas não interessadas em moda também tem muito o que ver no Palazzo Mocenigo.

Roupas dos séculos XVII e XVIII no Palazzo Mocenigo em Veneza - Itália

Palazzo Mocenigo
Endereço: Santa Croce 1992, Veneza – Itália. | Horários: 10h – 16h (de 1˚ de novembro a 31 de março) e 10h – 17h (de 1˚ de abril a 31 de outubro). Fechado às segundas-feiras edias 25/12, 01/01 e 01/05. | Entrada: 8 euros. | Site oficial: Palazzo Mocenigo.

O Palazzo Mocenigo é um dos museus cívicos de Veneza que está incluso no Museum Pass, um passe super interessante para quem pretende visitar museus e palácios em Veneza, saiba tudo sobre o passe e os museus incluídos aqui: Museum Pass Venezia.

 

• Ca’Rezzonico:Ca'Rezzonico em Veneza - Itália

O Ca’Rezzonico é considerado o Museu do Séc. XVIII de Veneza, o palácio começou a ser construído em 1649 e foi finalizado pela família Rezzonico em 1756.

São várias salas, salões e andares para se visitar e muitas obras de arte, por isso, reserve tempo para visitar o palácio e não precisar passar correndo por tudo sem ter tempo de apreciar todos os detalhes (que são muitos!).

Ca'Rezzonico em Veneza: O museu do séc XVIII

Ca'Rezzonico em Veneza: O museu do séc XVIII

Ca’ Rezzonico:

Endereço: Dorsoduro 3136, Veneza – Itália | Horários: 10h – 16h (de 1˚ de novembro a 31 de março) e 10h – 17h (de 1˚ de abril a 31 de outubro). Fechado às terças-feiras e dias 25/12, 01/01 e 01/05. Entrada: 8 euros. (O Ca’Rezzonico também está incluso no Museum Pass de Veneza). | Site oficial: Ca’ Rezzonico.


A coleção permanente de moda do Victoria & Albert Museum

O V&A Museum é um museu de Londres dedicado às artes decorativas e, que como a maioria dos museus na cidade, tem entrada gratuita para a coleção permanente. A primeira que vez que fui para Londres em 2011, o parte de moda do museu Victoria & Albert estava fechada para reforma o tempo todo que estive na cidade, por isso, não pude conhecer aquela vez.

Quando fui à Londres novamente no final do ano passado, claro que o V&A já estava na minha lista de museus para visitar e, dessa vez, a coleção de moda não estaria em reforma.

Christian Dior no Victoria & Albert Museum em Londres

A história da moda contada através de peças que se tornaram ícones ao longo dos anos, para quem gosta de moda, o V&A Museum é muito amor, vontade de morar lá dentro.

Christian Dior, Elsa Schiaparelli, Lanvin, Roger Vivier, muitos nomes conhecidos da moda estão por lá, assim como peças e vestidos de séculos ainda mais antigos.

Confira algumas peças em exposição no museu V&A das décadas do século passado:

Coleção de moda: 1905-1915 no Victoria & Albert Museum em Londres

Coleção de moda: Anos 1920s Victoria & Albert Museum

Coleção de moda: Anos 1930s Victoria & Albert Museum

Elsa Schiaparelli - 1937 no Victoria & Albert Museum em Londres

Coleção de moda do V&A Museum: 1940s

Coleção de moda do V&A Museum: 1950s

Sapatos Roger Vivier para Dior

Coleção de moda 1960s e 70s

O Victoria & Albert Museum em Londres já era um dos meus museus preferidos na cidade, depois de finalmente conhecer a coleção de moda, é meu museu favorito em Londres.

O Victoria & Albert Museum fica super perto das lojas de departamento Harrods e Harvey Nichols, dá pra ir a pé tranquilamente para as lojas depois, ou antes, do museu, aproximadamente uns 10 minutos andando. Eu adoro andar por Londres e não me incomodo com as distâncias, amo andar e descobrir novos lugares e essa região entre o museu e as lojas é super a cara de Londres e, claro, linda.

Victoria & Albert Museum em Londres

Victoria & Albert Museum:

• Endereço: Cromwell Road, London SW7 2RL.

• Metrô: South Kensington ou Knightsbridge (escolha esse se for aproveitar para ir às lojas antes, tem uma saída ao lado da Harrods).

• Entrada: Gratuita para a coleção permanente, assim como nos outros museus com entrada free em Londres, você pode fazer uma pequena doação ao museu ou aproveitar para comprar souvenirs e livros na loja do museu. Exposições temporárias são pagas.


Biografia de Rose Bertin: Couturière de Maria Antonieta

Sempre adorei a história de Maria Antonieta, especialmente por ser ligada à moda (não pela história do pão e  brioche, claro), ainda mais depois de ter visitado o Petit Tiranon, que faz parte dos domínios de Versalhes (ele ficou conhecido como o castelo de Marie Antonieta) e simplesmente amei lá! Então não podia parar na biografia de Maria Antonieta e encontrei uma biografia da couturière dela, a pessoa que fazia suas roupas: Rose Bertin.

Petit Trianon em Versalhes

O livro se chama “Rose Bertin: Couturière de Marie Antoinette” de Michelle Sapori, eu encontrei à venda na loja que tem dentro de Versalhes e já vi para vender também no site do Castelo de Versalhes. Minha versão é em francês, mas também existe uma em inglês.

Biografia de Rose Bertin: Couturière de Maria AntonietaRose Bertin foi apresentada à jovem rainha e depois disso, passou a vestir Maria Antonieta e lançar tendências na corte francesa. Alguns dizem que foi a partir dela que costureiras e modelistas ganharam o status de estilistas.

(mais…)


A moda antes e hoje: Colares da idade média

Acho incrível como a moda é circular e muitas coisas sempre acabam voltando, mas nos posts anteriores, quando falei sobre isso, falei de tendências que vieram das décadas de 60 e 90, hoje lembrei de algo muito mais antigo.

Passando por arquivos de fotos antigos, re-achei essa foto de colares que estão no museu da Idade Média em Paris (Musée Cluny – Moyenne Agê). Os colares foram encontrados no final do século XIX, mas foram criados há mais tempo ainda.Colares da Idade Média no Museu Cluny em ParisNa fileira de trás, do lado direito, são colares que lembram muito os colares em metal lisos que viraram febre, especialmente no ano passado, como esse da foto em desfile de Elie Saab FW 11:

Colar dourado Elie Saab FW 11

Elie Saab Fall/Winter 11

Acho fascinante descobrir peças e acessórios antigos e, ainda mais incrível, descobrir como os atuais são super parecidos. Você também gosta de história da moda? Conheça os posts sobre o assunto aqui.

 Curta no Facebook Like it on Facebook Follow me on Pinterest


A biografia de Yves Saint Laurent que mudou minha visão sobre o estilista

O título do post é grande, mas é exatamente isso: uma biografia de Yves Saint Laurent que mudou a visão que eu fazia do estilista (como comentei nesse post sobre a exposição do criador na Bélgica). Adoro livros de biografia de pessoas relacionadas à moda e a biografia de YSL em questão é o livro “Saint Laurent: A arte da elegância” de Marie-Dominique Lelièvre, publicado em 2011 e disponível em português (320 páginas).

Biografia de Yves Saint Laurent, livro: "Saint Laurent: A Arte da Elegância" R$ 34,90Logo na primeira página da biografia de Saint Laurent, a autora  resume o couturier como uma mistura entre os principais estilistas da história da moda:

“Chanel tivera mais autoridade; Madeleine Vionnet, mais virtuosismo; Schiaparelli, mais fantasia; Balenciaga, mais técnica; Courrèges, mais modernidade. No entanto, Saint Laurent é a soma algébrica de tudo isso, acrescida de algo mais, já que lhe fora fabricado o mito do grande costureiro atormentado, figura que lhe caíra como uma luva.” – Marie-Dominique Lelièvre.

Com um livro chamado “A arte da elegância” muita gente pode fazer confusão, mas não espere dicas de moda e como se vestir com elegância do livro. Espere conhecer Yves Saint Laurent, vários detalhes da sua carreira desde o momento que assume a Christian Dior após a morte de Dior, como também informações sobre sua infância na Argélia, suas amizades e viagens ao longo da vida.

E nessas idas e vindas da biografia que aprendi a ter uma nova imagem da pessoa que foi Yves Saint Laurent, como comentei aqui, ao assistir vários documentários sobre o couturier, sempre tinha uma imagem dele de alguém tímido, mas “doce”, sei lá, gente, cada um tem uma impressão de pessoas que não conhecem, essa era a minha sobre YSL. E a biografia de Marie-Dominique Lelièvre trouxe uma nova visão, essa do “gênio atormentado”.

Apesar de às vezes achar a autora um pouco tendenciosa para o lado negativo, foi muito interessante conhecer um pouco mais sobre esse estilista que marcou a história da moda mundial.

Quem tiver interesse em ler o livro, recomendo a leitura. Você encontra o livro para venda em: “Saint Laurent: A Arte da Elegância” de Marie-Dominique Lelièvre, R$ 40.

Biografia de Yves Saint Laurent - R$ 34,90


Exposição Club to Catwalk: London Fashion in the 1980s

A partir de amanhã (10 de julho) a moda dos anos 1980 invade o Victoria & Albert Museum em Londres.

Exposição Club to Catwalk: London fashion in the 1980s em Londres

imagem: va.co.uk

A exposição Club to Catwalk: London Fashion in the 1980s fica em cartaz de 10 de julho 2013 a 16 de fevereiro 2014 no museu V&A para expor a explosão de criatividade que aconteceu na moda em Londres na década de 80. A mostra traz 85 looks que representaram os anos 80, incluindo looks de novos designers da época como John Galliano, Betty Jackson, Katharine Hamnett e Wendy Dagworthy.

O nome da exposição Club to Catwalk, traduzindo seria algo como “Do club/bar, à passarela”, mostra as influências dos clubs que explodiram na década de 80 em Londres e suas influências na moda, especialmente para novos estilistas que ainda eram estudantes durante a década.

Club to Catwalk

imagem: va.co.uk

Club to Catwalk

imagem: va.co.uk

Club to Catwalk

imagem: va.co.uk

No site do V&A Museum, John Galliano relembra: ‘Thursday and Friday at St Martin’s, the college was almost deserted. Everybody was at home working on their costumes for the weekend. Tradução:  “Quinta e sexta-feira na St Martins [Central Saint Martins], a universidade ficava praticamente deserta. Todo mundo estava em casa trabalhando nas suas roupas para o final de semana.”

Club to Catwalk

imagem: va.co.uk

Club to Catwalk

imagem: va.co.uk

Club to Catwalk

imagem: va.co.uk

Exposição: Club to Catwalk: London Fashion in the 1980s

10 Julho 2013 a 16 fevereiro 2014 | Victoria & Albert Museum – Londres | Entrada: £5

 Curta no Facebook Like it on Facebook Follow me on Pinterest


Assista ao novo curta da Chanel: “Once upon a time…”

Há alguns dias publiquei o trailer do novo curta da maison Chanel o “Once Upon a Time…” dirigido por Karl Lagerfeld e com Keira  Knightley no papel de Coco Chanel.
As modelos Lindsey Wixson, Stella Tennant e Caroline de Maigret fazem parte do casting do curta da Chanel e podem ser ótimas modelos, já atrizes… O curta foi lançado hoje na internet e será exibido amanhã no desfile de Resort 2014 da Chanel em Singapura.
Assista aqui ao curta metragem completo  da Chanel:

Em preto e branco, “Once Upon a time…” da Chanel se passa há cem anos, em Deauville (frança) de 1913.

 Curta no Facebook Like it on Facebook Follow me on Pinterest


50 anos de Pantone e as cores que representam as décadas

A escala de cores Pantone comemora 50 anos e para celebrar, lançou um infográfico com as cores que representaram cada década desde 1960 e as principais combinações de cores que foram fortes na moda de cada época.

Além dessa história da moda representada em cores, a cor mais falada nas redes sociais em 2012 foi o vermelho.

50 anos de Pantone

imagem: Pantone

 Curta no Facebook Like it on Facebook Follow me on Pinterest


Madame Grès – La couture à l’œuvre

Aqui está o post com as fotos da exposição da Madame Grès que visitei em Paris no mês de agosto.

Here’s the post about Madame Grès’ exhibition in Paris from last August.

exposicao-Madame-Gres-paris-foto-Manu-Luize-blog-curitiba

 Madame Grès (1903-1993) trabalhava o tecido como se trabalhasse uma escultura e o drapeado era sua marca, sua inspiração para vestidos vem de esculturas gregas clássicas, por isso os drapeados. A exposição esteve no Musée Bourdelle, nada mais apropriado, já que o museu é dedicado ao escultor Antoine Bourdelle e as principais obras do museus são esculturas.

(mais…)



Page 1 of 3123